Com um arpão na mão e uma mangueira entre os dentes

barco11-1024x617

REPORTAGEM ESPECIAL: Pesca de mergulho em Abrolhos / Conheça as histórias dos pescadores do sul da Bahia que arriscam a vida mergulhando fundo para encontrar os melhores peixes, cada vez mais raros nesses ecossistemas recifais

por Herton Escobar (textos) e Jonne Roriz (fotos) / O Estado de S. Paulo

A crise mundial da pesca está forçando pescadores brasileiros a mergulhar cada vez mais fundo, literalmente, em busca dos melhores peixes. Na região dos Abrolhos, no extremo sul da Bahia, não são poucos os que se arriscam em altas profundidades, com apenas um arpão na mão e uma mangueira de ar entre os dentes, em busca dos grandes badejos e garoupas, entocados nos recifes, que nem as redes nem os anzóis conseguem puxar da superfície – e que praticamente já desapareceram de águas mais rasas, pescadas à exaustão ao longo das últimas décadas.

A prática é conhecida como pesca de mergulho, ou pesca de compressor. E é tão arriscada quanto lucrativa. O ar é bombeado da superfície por compressores acoplados ao motor do barco, em vez de carregado nas costas em um cilindro, como num mergulho tradicional. Isso permite que os pescadores passem muito mais tempo debaixo d’água – essencialmente, o tempo que quiserem. E isso traz à tona uma série de riscos.

Não são raros os relatos de mortes por afogamento e de pescadores lesionados pelas bolhas de nitrogênio que se formam em seu corpo quando passam tempo demais no fundo e sobem rápido demais para a superfície – uma complicação clássica do mergulho com ar comprimido, chamada doença descompressiva. Se derem o azar de alguma bolha ficar alojada numa articulação, podem ficar com os movimentos comprometidos permanentemente, ou até paralisados. Em casos mais graves, as bolhas podem cair na circulação e bloquear o fluxo de sangue para o pulmão ou para o cérebro, causando embolias, que podem levar à morte.

Além disso, há sempre o risco de o motor apagar no meio do mergulho (cortando o bombeamento de ar), de a mangueira se romper ou ficar enroscada nos recifes, ou até de uma baleia se enroscar nela e arrastar o mergulhador para longe, como já aconteceu com Zeca, um dos vários pescadores-mergulhadores com quem oEstado conversou na região, no início deste ano, para compor essa reportagem (alguns nomes foram alterados para preservar a identidade dos entrevistados).

Ao sentir o primeiro puxão na mangueira, Zeca até achou que era o barco que estava indo rápido demais. Mas não. Alguns segundos depois, ele estava sendo arrastado pelo fundo do mar como um peixe preso a um anzol, “fisgado” pela mangueira que, por segurança, ficava sempre presa ao seu cinto. Assustado, olhou para cima e viu que o objeto que o rebocava não era o barco, e sim uma baleia – uma das milhares de jubartes que frequentam a região dos Abrolhos todos os anos entre os meses de junho e dezembro, para se reproduzir. “Só vi a barrigona branca dela. Tinha uns 15 metros de comprimento”, calcula Zeca.

PESCA DE MERGULHO

Em um determinado momento, a mangueira se rompeu e ele ficou livre da baleia, mas também do seu suprimento de ar. Estava a uns 25 metros de profundidade. Soltou o cinto de lastro da cintura e subiu com o oxigênio que lhe restava nos pulmões. Calcula que demorou uns dois minutos para chegar à superfície; quase sem ar, mas vivo. “O pessoal do barco achava que eu tinha morrido”, conta.

Passado o susto, alguns minutos depois ele já estava mergulhando de novo para recuperar o arpão que ficara perdido no fundo do mar. “Um negócio desses não vai acontecer de novo, né?”, indaga, como alguém que tivesse sido atingido por um raio. Incrivelmente, porém, aconteceu. Não com ele, mas com um de seus irmãos – um dos quais, aliás, quase ficou paraplégico recentemente, por conta de um outro acidente de mergulho.

ZONA DE RISCO. É normal os pescadores de compressor descerem a até 50 metros de profundidade – 10 a mais do que o limite padrão de segurança do mergulho recreativo com cilindro – e ficarem vários minutos caçando por lá, entre os recifes mais profundos que pontuam a plataforma continental de Abrolhos. Vale tudo para arpoar um badejo ou uma garoupa de bom tamanho.

Nas ruas que levam ao porto de Alcobaça, considerado o maior centro desse tipo de pesca na região, não é preciso circular muito para topar com histórias de vítimas desse desafio às profundezas. Jorge, por exemplo, é a personificação de uma delas. Ele perdeu quase todo o movimento das pernas por causa de um acidente de mergulho18 anos atrás. “Eu já tinha feito três mergulhos na faixa de 40 a 50 metros (de profundidade); aí um colega desceu e voltou com uns seis peixes legais pro barco, mas acabou deixando um badejo lá no fundo, então eu desci pra pegar”, conta o pescador, de 50 anos.

Passados uns 10 minutos, uma de suas pernas começou a ficar dormente. E no mergulho seguinte, a outra perna também. De volta à terra, Pepéu até foi levado para uma câmara de pressurização (hiperbárica) no Rio de Janeiro, mas o tratamento não foi completo, e as sequelas não só ficaram como se agravaram com o tempo. Hoje, Jorge tem as duas pernas atrofiadas e com capacidade motora limitada. Mal consegue andar, mas nem por isso parou de mergulhar. “É uma paixão. A sensação quando você chega no fundo e vê os peixes é muito boa”, justifica. “Se nosso mundo fosse igual ao fundo do mar não teria tanta violência, não teria guerra.”

Ele diz que já mergulhou a 72 metros de profundidade. “Desci para pegar uma espingarda (arpão) que tinha caído numa buraca; aí vi uns bichos lá embaixo e comecei a trabalhar”, relembra, como se falasse de um passeio no parque. Em outra ocasião, ele conta que ficou sem ar a 45 metros de profundidade, por causa de um erro do mangueirista na superfície, que deixou a mangueira correr por baixo do barco e ser cortada pela hélice. “Subi que nem um louco, engolindo água no caminho”, diz. “Vira e mexe morre alguém desse jeito, mas fazer o quê, né? Um eletricista quando toma choque não para de trabalhar.”

“Até 2010 morriam uns cinco, seis caras por ano no compressor. Aí o pessoal começou a ficar mais cuidadoso”, relata Zeca, que mora em Caravelas, um pouco mais ao sul Porto Seguro do que Alcobaça.

Ainda assim, acidentes acontecem. Um de seus irmãos está de muletas, “com as pernas fracas”, depois de tentar desenganchar uma âncora do fundo do mar durante um mergulho. “Não pode fazer esforço no fundo que o corpo fica cheio de bolhas”, explica Zeca. “Gastamos uma nota para colocar ele numa câmara hiperbárica e por pouco ele não morreu. Com o compressor é assim, não pode vacilar que você morre ou fica aleijado.”

Foi a segunda vez que o irmão precisou fazer uma descompressão de emergência. Assim como Jorge, porém, ele continua a mergulhar, apesar dos “choques” sofridos no percurso.

CUSTO-BENEFÍCIO. Além da paixão pelo fundo do mar, há o estímulo financeiro para continuar mergulhando. “Tem várias artes de pesca, mas a de compressor é a que dá mais dinheiro”, compara Zeca. “Num dia ruim, você tira 50 quilos de peixe. Num dia bom, você tira 200 kg. Eu mesmo já tirei mais de 500 kg uma vez.”

Mesmo com o “desconto padrão” que se aplica tradicionalmente a qualquer história de pescador, os números impressionam. Franco, um dos mergulhadores mais experientes da região, tinha acabado de chegar de uma viagem de pesca de compressor quando o Estado encontrou com ele em Caravelas. Depois de seis dias no mar, voltou com uma carga de 1,5 tonelada de peixes no porão do barco, avaliada por ele em R$ 10 mil.

Segundo Franco, a pesca de mergulho tem a vantagem de permitir ao pescador selecionar o peixe que vai matar. “É uma pesca muito mais seletiva do que a de rede ou anzol; você literalmente escolhe o que vai pegar”, diz. “Eu sempre pego os grandes e deixo os pequenos, para voltar lá e pegar depois, quando já estiverem crescidos. Tem pedra que eu pesco há 20 anos, para você ter uma ideia; e sempre que volto lá tem peixe.”

As espécies mais caçadas são os badejos, as garoupas, os vermelhos e dentões, que têm maior valor de mercado. Em águas mais profundas, onde há poucos abrigos para os peixes, é possível encontrar vários deles agregados em torno de uma única “pedra”, como os pescadores costumam se referir aos recifes que ocorrem de forma mais isolada em Abrolhos.

“Eu conheço pedra por pedra nessa região, e sei onde os peixes ficam em cada uma delas”, diz um pescador de Alcobaça, Cicinho, que tem uma coleção de caderninhos “secretos” anotados com milhares de coordenadas de GPS – que ele calcula valer uns R$ 100 mil no mercado de pontos de pesca que existe entre os pescadores. Ele mergulha com compressor há 20 anos e diz nunca ter sofrido um acidente grave. “Tive problemas só nos primeiros anos. Agora a gente mergulha com tabela, para minimizar os riscos.” Outros mergulhadores mais experientes dizem a mesma coisa.

“A regra básica de segurança é trabalhar com material bom e respeitar o tempo de mergulho”, afirma Cicinho. “Não importa se você não pegou peixe nenhum; a hora que bater o tempo da tabela, você tem que subir.” A maioria dos acidentes, segundo ele, ocorre por falta de experiência ou displicência dos mergulhadores. “A maioria que morreu foi por isso, porque quis pegar tudo de uma vez. Eu não fico enrolando não; é cair numa pedra, caçar e subir.”

“Para quem sabe o que faz, o mergulho é tão seguro quanto qualquer outra prática de pesca”, afirma Franco.

 

 

About Alexandre Stano

x

Check Also

Veja Regulamento Torneio no Pesqueiro Feroz dia 22 de maio

PREMIAÇÃO: 1º col. R$ 1.000, 2º col. 300, 3º col. R$ 200,   CLUBE DA ...

5ª etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa

O Pesqueiro Ranchão do Peixe, novamente, está de volta ao Paulistão de Varas Lisas. A ...

4ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa

A 4ª Etapa do Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa aconteceu no PESQUEIRO CANTAREIRA ...

Assista ao vídeo sobre os cuidados da Gripe A H1N1.

PESCADORES E AMANTES DA PESCA, ALGUMAS DICAS MUITO SIMPLES E BASTANTE EFICAZES PARA EVITAR A ...

TORNEIO DE PESCA ESPORTIVA – PESQUEIRO MUNDIAL – 17/04/2016

Torneio de Pesca Arco SPM – Março 2016 Ranchão do Peixe

TORNEIO DE PESCA ARCO/SPM Ficará registrado na história da associação o recorde do total de ...

3ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa

3ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa PESQUEIRO MUNDIAL – 13/03/2016  

Edição 161 | Fevereiro 2016

Clique na imagem para acessar todo conteúdo

Feipesca 2016

Tudo na Pesca Esportiva acontece primeiro na Feipesca. Pescadores de todo o Brasil, desde os ...

2ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa

2ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa PESQUEIRO CANTAREIRA – 14/02/2016   Clique ...

1ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa

1ª Etapa Campeonato Paulista 2016 – Série Vara Lisa PESQUEIRO MUNDIAL – 17/01/2016  

Tabela de Classificação Torneio Catfish – 31 janeiro

TORNEIO DE PESCA ‘INDIVIDUAL’ NO PESQUEIRO CATHFISH – REGULAMENTO Artigo 1º – DATA: O Torneio ...

Edição 160 | JANEIRO 2016

Jornal da Pesca edição impressa 160– Janeiro de 2016 CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR O JORNAL ...

Novo Regulamento Vara Lisa 2016

16º CAMPEONATO PAULISTA EM PESQUE E PAGUE SÉRIE VARA LISA  REGULAMENTO OFICIAL – 07/01/2016 Realização: ...

Pousada WAG em Presidente Epitácio

EXCURSÕES PARA PESCA: por que participar? Clique na imagem para ampliar

FINAL 12ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Final – Série Varas Lisas Jornal da Pesca Guaru Fishing sagrou-se Campeã do campeonato Paulista ...

REPESCAGEM Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

3ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa Light

TORNEIO DE PESCA ESPORTIVA SHIN DA CODORNA 20/12

Rio Doce: a maior catástrofe ambiental do país

Clique na imagem para ampliar

Julio Hosoiri – Boias para carpa cabeçuda

Foca pega ‘carona’ nas costas de baleia e surpreende turistas no México

Cena curiosa ocorreu na Península da Baixa Califórnia. Vídeo fez sucesso ao ser compartilhado no ...

Pescador profissional foi preso com 40kg de pescado pela PMA

Na madrugado de domingo (8) a PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu um pescador profissional com ...

Polícia prende pescadores que ostentavam em redes sociais

Policiais militares ambientais pertencentes ao pelotão de Cianorte, após várias denúncias relatando que pessoas moradoras ...

Escolha o seu Pesqueiro

  Clique na imagem para ampliar  

Balbina: uma fisgada mágica

Pesca, tradição de Pai para Filho

Ranchão do Peixe, Pesqueiro de categoria “Esportiva”

  Pesqueiro Ranchão do Peixe Clique na imagem para ampliar

2ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa Light

Pesqueiro Cantareira e seus peixes  Aproveitando a realização da 2° Etapa do Campeonato Paulista em ...

11ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Realizado dia 08 de novembro no Pesqueiro Cantareira.  

Edição 159 | OUTUBRO 2015

  Jornal da Pesca edição impressa 159 – Outubro de 2015 CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR ...

1ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa Light

REALIZADO AOS SÁBADOS COM 3 PESCADORES POR EQUIPE 1º lugar Equipe Trairão Pesca |  23.315 kg ...

10ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Depois da disputa da 10ª rodada do Campeonato Paulista em Pesque e Pague e, com ...

Torneio Individual no Pesqueiro Cantareira

Correspondente do Jornal da Pesca. – No último dia 23 de Agosto de 2015, a ...

Torneio Beneficente Zóio de Lula 25 de outubro 2015

Tsutomo Ieiri (Seu Joaquim)

Pesca: tradição de pai para filho

Por Marisa Michiko Ito A pesca, além de ser um esporte e atividade de lazer, ...

9ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Pesqueiro Ranchão do Peixe -9ª etapa Série Varas Lisas. CORRESPONDENTE DO JORNAL DA PESCA ——————————————————– ...

5ª Etapa – Final – Campeonato Paulista 2015 – Série Carpa Cabeçuda

CLUBE DA CARPA I é Campeã do primeiro Campeonato de Carpa no Pesqueiro feroz. Neste ...

7ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Molinete

 

VÍDEO | Tilápia Média no Pesqueiro Cantareira

No Cantareira você encontra tilápias bem maiores do que esta, que podem chegar até 8 ...

Fotos do Pesqueiro Cantareira dia 05/2015 – Zona Norte de São Paulo – Dentro da Cidade

6ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Molinete

I Torneio de Pesca Esportiva Social – EkiTilápia

Dia: 27/06/2015 – Sábado – Atibaia Horário: 09h00 até 13h00 Local: Pesqueiro Portão da Montanha ...

2ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Carpa Cabeçuda

4ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Molinete

Torneio de Pesca Arco SPM – Maio 2015 Pesqueiro Xiko Karpa

Dia 10 de maio foi realizado no Espaço XiKo Karpa em Ibiúna-SP mais um Torneio ...

Torneio Feminino e Infanto Juvenil do Jornal da Pesca Ranchão do Peixe

Correspondente Jornal da Pesca ————————————— No Pesqueiro Ranchão do Peixe, localizado em Mairiporã, na Estrada ...

Edição 157 | Abril 2015

Jornal da Pesca edição impressa 157 – Abril de 2015 CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR ...

1ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Carpa Cabeçuda

O 1º Campeonato Paulista de Carpa cabeçuda foi efetivado no Pesqueiro Feroz – Santana do ...

Dicas – Suportes para varas de pesca

Por Julio Y. Hosoiri Novamente são dicas para quem está começando, verificará que as suas ...

Pescaria na Costeira – Muitas espécies fisgadas

Por Fábio Nomura Olá Pescadores!! Fui convidado pelo grande amigo e guia de pesca, Silvio ...

Peixes de couro no pesqueiro Cantareira/Sabesp

Por Thiago – Biro-Biro 03/02/2015 Há pescadores que saem todos os finais de semana para ...

Calendário de Eventos 2015 Jornal da Pesca

Jovem Pescador fisga exemplar de 18 kg no Pesqueiro Cantareira/Sabesp

Morador do Bairro de Tremembé-SP pegou o peixe com carretilha. Peixe fisgado normalmente tem de ...

4ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

O Pesqueiro Ranchão do Peixe voltou a sediar o Campeonato Paulista de varas lisas. Como ...

2ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Molinete

Clique na foto para ampliar  

3ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Pesqueiro Tô a Toa A 3ª etapa aconteceu no Pesqueiro Tô a Toa, situado no ...

Edição 156 | Fevereiro 2015

 Jornal da Pesca impresso. Clique na imagem para acessar

1ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Molinete

Equipe do ABC Refúgio Pizza vence a primeira etapa do Estadual no Pesqueiro Feroz Depois ...

2ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Torneio realizado no Pesqueiro Ranchão do Peixe em Maririporã

1ª Etapa Campeonato Paulista 2015 – Série Vara Lisa

Realizado no pesqueiro Santo Ari em Mairiporã    

Massas Cordeiro’s em Pesqueiro Feroz 20/12/14

Caracaxá Fishing – Ilha Vitoria 11/01/15

Edição 155 | Janeiro 2015

CLIQUE NA IMAGEM PARA ABRIR A VERSÃO IMPRESSA

12ª Etapa – FINAL – Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

Assista ao vídeo da Final no Pesqueiro Ranchão do Peixe – Mairiporã [youtube id=”EFCVvX5lMGM” width=”600″ ...

Trairão Pesca agora com os melhores produtos para seus pássaros

Produtos AMGERCAL , certeza de qualidade com muito mais economia. www.trairaopesca.com.br

11ª Etapa – Repescagem – Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

PAULISTÃO VARAS LISAS REPESCAGEM A Repescagem do Campeonato Paulista de Varas Lisas foi realizada no ...

Torneio Pesqueiro Shin da Codorna

Realizado dia 20 de novembro de 2014 no Pesqueiro Shin da Codorna Endereço: Tineciro Icibaci, São ...

10ª Etapa Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

A 10ª etapa do Campeonato Paulista de Varas Lisas foi realizada no Pesqueiro Santo Ari ...

Edição 154 | Outubro 2014

Clique na imagem para abrir o Jornal Completo

9ª Etapa Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

 

Pesqueiro e Restaurante Osato, ótima opção para um dia de boa pescaria.

O Pesqueiro Osato é localizado na rodovia Bunjiro Nakao km 63,5 em Ibiúna-SP, com ótima ...

PESCARIA COM AMIGOS NO PESQUEIRO SANTA RITA – BRAGANÇA PAULISTA

Eu, Marcio Martins, convidei meus amigos, Marcos, Fábio e Anderson para conhecer o Pesqueiro Santa ...

8ª Etapa Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

O campeonato Paulista de Varas Lisas está chegando à reta final restando apenas duas etapas ...

7ª Etapa Final Campeonato Paulista 2014 – Série Molinete

Equipe Indaiatuba é a Campeã do Campeonato Paulista – Série Molinete no Parque Maeda Esta edição ...

Torneio de Pesca Arco SPM – Outubro 2014 Pesqueiro Maeda

[youtube id=”UEEiLYnLeOc” width=”600″ height=”350″]   [youtube id=”14oG3NL1S9c” width=”600″ height=”350″]   [youtube id=”38mX5W1Jirk” width=”600″ height=”350″]   ...

Torneio Trairão Pesca no Parque Maeda

Torneio de Pesca Esportiva em duplas atrai pescadores de várias cidades no Parque Maeda Por: ...

Coxinha do Cordeiro no Pesqueiro Feroz

[youtube id=”YkKnkwQbo5A” width=”600″ height=”350″] Coxinha do Cordeiro no Pesqueiro Feroz com Toninho Caracaxá

7ª Etapa Campeonato Paulista 2014 – Série Vara Lisa

 

6ª Etapa Campeonato Paulista 2014 – Série Molinete

 Álbum de fotos | Clique para ampliar

Coxinha do Cordeiro no Ranchão do Peixe

[youtube id=”UjNjpbkOZbg” width=”600″ height=”350″] Pescaria realizada entre amigos no pesqueiro Ranchão do Peixe que fica ...

Pousada Saruê – Amazonas | Assista ao vídeo

Um dos mais belos lugares do Brasil com ambiente rústico na selva amazônica. Maiores informações: ...

Edição 153 | Agosto 2014

 Clique na imagem para abrir o Jornal Completo

Pesqueiro Santa Rita, Bragança Paulista

Recebem pescadores de diversas cidades do estado. Evento foi realizado pela Associação dos Pescadores de ...

Amazônia Jungle Hotel – Assista ao vídeo

Aventura de Pesca e Ecoturismo na Amazônia Nossos amigos Márcio, Toninho (Equipe Cordeiro´s) e Wagner ...

Inauguração Pesqueiro do Gaúcho dia 09 de agosto

Com soltura de 1.500 kg de tilápia e o tradicional Churrasco Gaúcho (Fogo de Chão)

Nova Massa Cordeiro´s para cabeçuda

[youtube id=”2Aaudjb7_Kg” width=”600″ height=”350″] A pegadora Massas GOLD das Massas Cordeiro´s é um verdadeiro sucesso. ...

Lançamento no mercado, Coxinha do Cordeiro

[youtube id=”P4hr6KitbE0″ width=”600″ height=”350″] Para pesca de Carpa Cabeçuda, realizada no pesqueiro Santa Rita dia ...

Trairão Maeda – em duplas

Molinete, Carretilha ou Vara de mão REALIZAÇÃO: Trairão Pesca/Jornal da Pesca Apoio Associação dos Pescadores ...

Torneio em Duplas no Ranchão do Peixe – 1º lugar R$ 1.000,00

Trairão Pesca – somente Varas de mão Observação: Inscrição: R$ 140,00 por dupla Premiação: 1º ...

Pesqueiro Matsumura

A pedido dos amigos pescadores que nos acompanham pelo Site, Facebook e Jornal da Pesca, ...

Pesqueiro Pantanosso km 68 da Castelo Branco

Tradicional pesqueiro localizado na cidade de Mairinque, com dois excelentes lagos esportivos e mais dois ...

Torneio de Pesca valendo dinheiro em Bragança Paulista

Será realizado no dia 20 de Julho 1º Torneio de Pesca Esportiva no Pesqueiro Santa ...

22º Torneio da ADC GM no Parque Maeda

Nem mesmo a chuva que caiu durante todo tempo atrapalhou o 22º Torneio de Pesca ...

Em busca das Piraíbas Gigantes

Em busca das Piraíbas Gigantes na Pousada Estrela do Araguaia Os pescadores Rinaldo Gutierres e ...

Pesqueiro 63 por Julio Hosoiri

Pesqueiro 63, conhecido estabelecimento onde participei inúmeras vezes do Campeonato Paulista em Pesque e Pague ...

Mata Fria encerra atividades

INFORMAMOS QUE O  PESQUEIRO MATA FRIA ENCERROU SUAS ATIVIDADES POR MOTIVOS AMBIENTAIS

Torneio de Pesca ADC-GM dia 25 de maio no Maeda

Maiores informações: SEDE SÃO CAETANO DO SULAv. Goiás, 2905Bairro Barcelona – São Caetano do Sul ...

Torneio Trairão Pesca no Maeda tabela de pontos

Aconteceu a  3ª Copa em “duplas” do Trairão Pesca no Tanque 7 do Parque Maeda-Itu-SP ...

Feliz dias das Mães por Jean Gaspar