Veja Regulamento Torneio no Pesqueiro Feroz dia 22 de maio

PREMIAÇÃO: 1º col. R$ 1.000, 2º col. 300, 3º col. R$ 200,

BANNER PESQUEIRO FEROZ RINALDO 25 04

 

CLUBE DA CARPA REALIZA 1º TORNEIO INDIVIDUAL NO PESQUEIRO FEROZ VALENDO TODAS AS ESPÉCIES DE P EIXES
REGULAMENTO OFICIAL – 04/05/2016
Art. 1º – SERVIÇO
 COMO CHEGAR AO PESQUEIRO FEROZ:
Seguindo pela Rodovia Castelo Branco, sentido São Paulo Interior, vá até o km 44, faça o retorno e volte até o km 40, onde você vai ver o Castelinho da Pamonha, entre a direita e siga as placas do pesqueiro por +- 800 metros.
*OBS: Neste evento, todas as espécies de peixes serão contabilizadas.
*O torneio será realizado “somente” com o mínimo de 30 (trinta) membros inscritos.
Art. 2º REALIZAÇÃO
1º Torneio individual será realizado pelo Clube da Carpa no dia 22 de Maio de 2016, das 9h00 às 17h00 – com pausa para almoço das 12h00 às 13h00.
Art. 3º INSCRIÇÃO
1º A inscrição será de R$ 120,00 – sendo distribuída da seguinte forma: R$ 80,00 para a organização, R$ 20,00  almoço e R$ 20,00 entrada do Pesqueiro;
Art. 4º SORTEIO DOS BOXES
§1º O sorteio será por ordem de chegada dos membros, desde que compareça no local do sorteio;
§2º Cada participante receberá duas numerações correspondente aos Boxes da 1 ª e 2º etapa.
Art. 5º BOXES
§1º O membro estará situado em um boxe de no mínimo 1.30 (metros), podendo ser até um pouco maior ou menor, em decorrência de árvores ou de outros empecilhos.
§ 2º Os Boxes serão numerados em ordem crescente, suficiente para abrigar os participantes inscritos;
§ 3º O participante deverá posicionar-se seguindo esta ordem, ou seja; número 01 entre os Boxes 01 e 02, e assim sucessivamente;
§ 4º Os lançamentos deverão ser em linha reta, independe dos Boxes sorteado;
§ 5º Participante algum poderá questionar os Boxes sorteados, já que foi o mesmo quem realizou o sorteio;
§ 6º Haverá troca de Boxes durante o intervalo da competição
Art. 6º INFORMAÇÃO
§ 1º Rinaldo Gutierrez – Whatsapp e Vivo: 94241-5251
*Ney Stano 2609.8046 / 94213-5043 (Whatsapp) ou por e-mail: Jornaldapesca@uol.com.br.
Art. 7º PREMIAÇÃO
§ 1º Campeão R$ 1.000,00; Vice-campeão R$300,00; 3º colocado R$ 200,00;
§ 2º Haverá troféu para os três primeiros colocados.
§ 3º Após a entrega dos troféus não haverá recontagem dos quilos em hipótese alguma;
§ 4º Os empates serão decididos pelo Peixe + pesado.
Art. 8º – MATERIAL DE PESCA PERMITIDO
§ 1º Será permitido somente duas Varas por membro;
§ 2º Anzol, somente1 (um) por vara, sem farpa ou farpa amassada, exceto para a pesca de Carpa cabeçuda;
§3º CEVA: Na pesca com vara de mão será permitido ceva em pequenas proporções, o árbitro fará a absorvência.
§ 4º VARA DE MÃO: limite máximo para o tamanho da vara será de 5,40 metros, e a linha não poderá ultrapassar 01 (um) metro maior que a vara.
§ 5º CEVA: Na pesca com vara de mão será permitido cevar, em pequenas proporções, o árbitro fará a absorvência.
§ 6º BOIA CEVADEIRA: Será permitida a pesca com Boia em superfície, inclusive as cevadeiras desde que obtenha 1 (um) anzol,  não sendo necessário o lastro (chumbo). Neste caso poderá ser utilizada ceva na superfície.
§ 7º CARPA CABEÇUDA: Será permitida a pesca com chuveirinho para varas de arremesso com a utilização de uma Boia em superfície, ficando proibida a pesca com Boia utilizando chuveirinho solto no fundo. Neste tipo de pesca é obrigatória a utilização do chumbo e a massa como isca para chuveirinho.
§ 8º Chuveirinho: Será permitido apenas para a pesca de Carpa Cabeçuda, sendo que nesta modalidade só valerá para contagem de pontos a espécie carpa cabeçuda. Neste tipo de pesca é obrigatória a utilização do chumbo com peso aproximado de 25 gramas.
§ 9º Fica determinando proibida a pesca com Boia utilizando o chuveirinho solto no fundo.
§ 10º Será permitido o uso de Boia cevadeira, Torpedo, Miçanga e EVA etc.
Obs.: LANÇAMENTOS: os lançamentos deverão ser realizados perpendicularmente a linha da água. Caso por algum defeito de lançamento, do vento ou do próprio pescador invadir o setor vizinho, a linha deverá ser imediatamente recolhida.
Art. 9º – Exercício da Pesca
§ 1º O início bem como o final das etapas será através de buzina ou apito. Após o término, somente os peixes já fisgados estarão valendo para somatória, com tolerância máxima de até 30 (trinta) minutos para retirada da espécie;
§ 2º Antes do início e durante o intervalo – será proibida a pesca pelos contendores no lago da competição, não podendo ser testado e arremessado nenhuma linha na água.
Caso o pescador não cumprir esta regra, será aplicada punição com perda de 02 (dois) quilos do total da soma do final da competição, e assim sucessivamente;
§ 3º A pesca será exercida exclusivamente dentro dos Boxes demarcados, não podendo passar para outro boxe, mesmo que este esteja desocupado, sobe pena de desclassificação, (exceto de uma peça fisgada);
§ 4º Será permitido ajuda com “Passaguá” para retirada do peixe do lago;
§ 5º O pescador não poderá sair do boxe sem autorização dos fiscais, caso for necessário, deverá retirar os equipamentos da água;
§ 6º No caso de um peixe de maior porte, o (a) pescador (a) poderá ter ajuda, em caso excepcional, até para facilitar e evitar embaraços com os demais participantes, porém, esta ajuda só poderá ser feita pelos fiscais e competidores, colaborando assim, para o bom andamento da pescaria;
§ 7º Cada pescador receberá uma cópia das fichas preenchidas pelo árbitro e qualquer irregularidade deverá ser averiguada no ato da anotação, caso contrário não será aceito;
§ 8º O comprovante será conferido pelo pescador no ato da entrega, não sendo aceito reclamações posteriores para qualquer efeito de marcações;
§ 9º A organização estará disponibilizando fiscais para acompanhamento dos participantes, controle da captura dos peixes e registros na planilha de pesos. A retirada da espécie fisgada é de responsabilidade de cada participante;
§ 10º Caso o participante capturar um peixe e o fiscal estiver atendendo outro competidor, pedimos a gentileza de manter o peixe vivo dentro da água, até que o fiscal chegue ao local;
§ 11º Caso um peixe for fisgado por 02 (dois) pescadores, prevalecerá o pescador cujo anzol esteja fisgado na boca do peixe. Obs.: Se ocorrer de um peixe for fisgado pela boca por 02 (dois) pescadores ao mesmo tempo, será considerado 50% do peso para cada participante.
§ 12º Caso algum peixe venha levar o equipamento do membro e ser capturado por outro pescador, não será considerado sua pontuação, nem mesmo que seja recuperado pelo próprio pescador.
§ 13º Seguindo as regras abaixo, o pescador poderá soltar o peixe após a pesagem tendo o cuidado necessário de não deixar o peixe em superfície áspera se batendo;
§ 14º Não soltar o peixe que estiver sangrando ou com os olhos perfurados pelo anzol – o fiscal determinará a soltura;
§ 15º Não colocar a mão ou dedo na guelra dos peixes;
§ 16º Se for capturado algum peixe solto pelo lago, já fisgado com anzol, linha ou chuveirinho, não será computado sua pontuação. Somente será considerado, caso não venha atado por esses “artifícios”;
Art. 10º Disposições Gerais
§ 1º Os organizadores e autoridades da competição, não se responsabilizam por perdas, danos, ou roubo de bens;
§ 2º Dentro do boxe será expressamente proibida à presença de amigos e familiares ao lado do pescador, pois o local estará reservado com faixas de contenção.
§ 3º Ao efetuar a inscrição, o competidor estará concordando automaticamente com as regras do presente regulamento.
§ 4º Na inscrição do evento, o pescador estará concedendo direitos sobre a imagem para vídeo institucional e comercial a qualquer tempo, distribuição, exibição da obra audiovisual, por todo e qualquer veículo.
§ 5º Qualquer situação que venha acontecer e não esteja citado nas clausulas deste regulamento, será julgado pela comissão organizadora do evento.
Boa Pescaria!
Rinaldo Gutierres